Sinto falta de como éramos antigamente. Das conversa bobas e intermináveis. Nós mudamos, não dá pra negar. Eu sinto falta das madrugadas que passávamos conversando, sinto muito. Sinto falta de você interessado nas minhas histórias, manias, suspiros, detalhes. Falta da sua voz, que inexplicavelmente me acalma. Sinto falta do que tínhamos. Mesmo. Mas cansei, não espere que eu vá atrás de ter isso de volta, porque eu não vou. Não mais. Ultimamente parece que só eu me esforço, me importo, e isso machuca. Caio fora com falta de reciprocidade. Eu não tenho força e disposição pra manter de pé, algo que ambos tem que cuidar. Embora eu não queira te perder, eu não posso cuidar de nós por mim e por você. Amaralina S.  (via uisq)

(via lorranyaoliveira)

108 notas
"Quero conhecer bem todas as “eus” dentro de mim, pra nunca culpar ninguém por algum vazio ou desorientação. Asas eu já tenho, agora o que eu busco é libertação." Marcella Fernanda